PRECATÓRIOS DO FUNDEF: SINDSEPUC realiza 1º Audiência do FUNDEF, em Cidelândia

PRECATÓRIOS DO FUNDEF: SINDSEPUC realiza 1º Audiência do FUNDEF, em Cidelândia

previous arrow
next arrow
Slider

O SINDSEPUC – Sindicato dos Servidores Públicos de Cidelândia, realizou na manhã desta sexta-feira (24), na Sede do Sindicato, 1º AUDIÊNCIA DO FUNDEF (A MENOR) – os precatórios do fundef tem dono (60% para os professores e 40% para Educação).

Vários líderes Sindicais de Cidelândia e cidades vizinhas, servidores da educação e da saúde estiveram presentes no evento. Destaque para o Presidente da Força Sindical Frazão Oliveira (licenciado), a Prof. Euramir Reis (Imperatriz), os presidentes sindicais dos servidores públicos das cidades de: Cidelândia (anfitriã), Vila Nova dos Martírios, São Pedro da Água Branca, Itinga-Ma e Davinópolis. O secretário do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cidelândia, Luís Gonzaga e o Vereador Valmir da Sol Brilhante também estiveram participando da audiência.

A presidente Maria de Fátima (SINDSEPUC), fez a abertura dos trabalhos e, durante a programação, vários oradores expuseram ao plenário sobre a importância de manter a categoria unida e coesa para ter êxito na busca pelos direitos dos profissionais da educação.

Frazão Oliveira trouxe várias informações (estatísticas), sobre o valor retido, e incentivou a todos a continuarem firmes na luta pelos direitos dos servidores.

A Dra. Rosa Olívia (advogada do SINDSEPUC), disse que a luta continua e que: “é preciso que toda classe esteja unida e coesa para alcançarmos o nosso objetivo”. Ela também deixou claro a todos que, o número da precatório ja foi emitido desde Junho desse ano e que está sob a inscrição: 0180511-49.2018.4.019198, protocolado no TRF1. E que o valor atualizado é de R$ 16.630.433,65 (dezesseis milhões e seiscentos e trinta mil e quatrocentos e trinta e três reais e sessenta e cinco centavos). Sendo 60% desse montante para remuneração dos professores e 40% para investimentos na Educação do município.

Vale ressaltar que após a liberação desse recurso por parte da União, precisará também de aprovação na Câmara Municipal (o vereador Valmir, que esteve presente, declarou o seu apoio favorável a categoria), e consequentemente á sanção do gestor municipal.

Antes do término da audiência, a proposta dos 60% para categoria foi aprovada por unanimidade pelos presentes. Uma nova Audiência está sendo marcada nos próximos dias e, dessa vez acontecerá na Câmara Municipal de Cidelândia.