JUÍZA FEDERAL BARRA VISITA DE FLÁVIO DINO AO EX-PRESIDENTE LULA

JUÍZA FEDERAL BARRA VISITA DE FLÁVIO DINO AO EX-PRESIDENTE LULA

previous arrow
next arrow
Slider

A juíza federal Carolina Moura Lebbos vetou uma visita extraordinária do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Dino se deslocou ontem para Curitiba com uma comitiva formada por governadores e senadores da República, numa tentativa de manifestar apoio político ao petista.

A visita, contudo, foi barrada pela magistrada, que enxergou possível privilégio, caso ocorresse a reunião política na carceragem.

Além do recolhimento em sala do Estado Maior, foi autorizado pelo juiz [Sergio Moro] a disponibilização de um aparelho de televisão para o condenado. Nenhum outro privilégio foi concedido, inclusive sem privilégios quanto a visitações, aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública, também não se justificando novos privilégios em relação aos demais condenados“, destacou a juíza.

A Juíza mostrou com isso, que a carceragem da PF em Curitiba, não é Comitê Político e nem diretório de agremiação política ou sindical. Além de FLÁVIO DINO, outros 8 governadores também deram com a cara na porta, ou será na cela???

Saiba Mais

Também foram barrados com Flávio Dino pela Justiça, para uma eventual visita extraordinária ao ex-presidente Lula, o governador do Acre, Tião Viana; de Alagoas, Renan Filho; da Bahia, Rui Costa; do Ceará, Camilo Santana; de Minas Gerais, Fernando Pimentel; da Paraíba, Ricardo Coutinho; de Pernambuco, Paulo Câmara; do Piauí; Wellington Dias, do Rio Grande do Norte, Robinson Faria e de Sergipe, Belivaldo Chagas. Os senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, além do vice-presidente do PT, Márcio Costa Macedo e do ex-deputado federal Angelo Vanhoni, também receberam veto ao tentar ter acesso à carceragem de Lula.

Governadores com carta para entregar a Lula