DEBATE: Bolsonaro critica postura flexível de Marina pró-aborto e candidata cita Provérbios

DEBATE: Bolsonaro critica postura flexível de Marina pró-aborto e candidata cita Provérbios

aNETO2
paif
ima
drogaria
vanessa
previous arrow
next arrow

Um novo embate envolvendo Jair Bolsonaro (PSL) marcou o debate presidencial da RedeTV!, realizado na última sexta-feira, 17 de agosto. A oponente, dessa vez, foi a candidata Marina Silva (Rede Sustentabilidade), que citou a Bíblia para criticar a postura do oponente logo após se defender de críticas sobre aborto e drogas, dizendo que o Estado é laico.

O confronto começou com Marina Silva atacando a postura de Jair Bolsonaro em relação às diferenças salariais entre homens e mulheres. O candidato do PSL acredita que o Estado não deve se intrometer nessa questão porque a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) já define a igualdade.

A candidata da Rede reagiu criticando Bolsonaro, dizendo que a visão dele em relação aos problemas que o Brasil enfrenta, como a segurança pública, por exemplo, é por ordem “no grito e na violência”.

“Você acha que pode resolver tudo no grito, na violência. Nós somos mães, nós educamos os nossos filhos. A coisa que uma mãe mais quer é ver um filho sendo educado para ser um cidadão de bem. E você fica ensinando para os nossos jovens que têm de resolver as coisas na base do grito, Bolsonaro. Você é um deputado, você é pai de família. Você um dia desses pegou a mãozinha de uma criança e ensinou como é que se faz para atirar”, criticou Marina.

Jair Bolsonaro não recuou, e pontuou pontos polêmicos da candidatura da oponente: “Temos aqui uma evangélica que defende o plebiscito para aborto e maconha e quer agora defender a mulher. Você não sabe o que é uma mulher, Marina, que tem um filho jogado no mundo das drogas. Você não sabe o que é isso para defender um plebiscito nesse sentido. Eu defendo a mulher e defendo inclusive a castração química para estupradores”, enfatizou.