Cidelândia: Câmara de Vereadores sai em defesa da população e repudia declaração agressiva de empresária

Cidelândia: Câmara de Vereadores sai em defesa da população e repudia declaração agressiva de empresária

aNETO2
paif
ima
drogaria
vanessa
TOPOCOPYSAT
previous arrow
next arrow

A Câmara de Vereadores de Cidelândia, se reuniu nesta Sexta-Feira (21) em Sessão Interna para repudiar veementemente a postura desequilibrada da empresária Raabe Carvalho, que, em declaração nas redes sociais, tratou a população de cidelândia com desrespeito e agressividade.

Em áudio veiculado nas redes sociais (grupos de WhatsApp) nesta quinta (20), a empresária e pré candidata a vereadora, Raabe Carvalho, classifica a população como “jumentos” e afirma que a “esse povo (de Cidelândia) merece é apanhar com chicote e colocar uma espora de arraia na ponta, que taca é pouco”. Ainda no mesmo áudio, a empresária afirma “que Ministério Público não funciona”, na tentativa de desqualificar e afrontar este tão conceituado órgão.

 

Os vereadores, se sentiram ofendidos com a declaração e saíram em defesa do povo, repudiando todo e qualquer ato desta natureza. Estiveram presentes os parlamentares Keke Teixeira (Presidente), Francisco Moura (Chiquinho), Carlos do São Domingos, Chico da Meire, Valmir Lima e Francisca Silva (Chica Preta).

Veja a Nota emitida pela Câmara Municipal 

A Câmara Municipal de Cidelândia vem a público repudiar de forma veemente a declaração desrespeitosa, agressiva e descabida da empresária que, em áudio nas redes sociais, instigou o ódio e feriu a honra do povo cidelandense. 

Esta Casa não comunga deste tipo de comportamento e por isso sai em defesa do bem mais precioso que temos: o nosso povo, humilde, batalhador e hospitaleiro.

É certo que o Estado Democrático de Direito garante a todos o direito de expressão, mas protege a honra e a dignidade da pessoa humana.

As críticas fazem parte do cotidiano social, entretanto devem ser feitas dentro da civilidade e do espírito democrático.

Os excessos praticados pela empresária requer desta Casa de Leis que sejam adotadas as providências judiciais cabíveis para que haja retratação pública e a responsabilização civil e penal.

Nos solidarizamos com a população, e não poderíamos deixar passar desapercebido, por que senão o nosso ofício não faria sentido, somos representantes do povo.

Câmara Municipal de Cidelândia