ABONO SALARIAL: Veja o calendário do PIS/PASEP 2018-2019

ABONO SALARIAL: Veja o calendário do PIS/PASEP 2018-2019

previous arrow
next arrow
Slider

Quer saber tudo sobre abono salarial do Caixa PIS 2018 e PASEP, incluindo se tem direito, como consultar, calendário atualizado, e o valor que pode receber? Chegou ao lugar certo.

O abono do PIS é um dos benefícios mais aguardados pelo o trabalhador brasileiro, de acordo com a tabela de pagamento do abono, o mesmo ficará disponível para todos os trabalhadores ao recebimento até 28 de junho de 2019, prazo final para recebimento do benefício do ano-base 2017. Veja e fique de olho!

Calendário PIS 2018 – 2019

O calendário PIS 2018, também chamado de tabela do PIS para fins de organização e controle dos pagamentos dos valores, o pagamento do PIS 2017 (ano-base) e Pasep são realizado conforme o calendário estabelecido pela Codefat e divulgado pela Caixa Econômica que são todos definidos no início do mês de julho.Esse calendário é refeito anualmente para estabelecer as datas de saques conforme os dias úteis, evitando dias de feriados no ano vigente.

Calendário Pasep 2018 – 2019

Agora no caso de aqueles trabalhadores inscritos no Pasep, o pagamento segue a ordem do último número da inscrição do filiado, e os benefícios do PASEP são pagos pelo Banco do Brasil (BB).

Vale ressaltar que os benefícios do PIS são pagos pela Caixa Econômica Federal e os benefícios do PASEP são pagos pelo BB.

O valor do Abono Salarial 2018 hoje pode variar de R$ 78 a um salário mínimo nacional R$ 954, mais vai depender de quantos meses a pessoa trabalhou com carteira assinada nesse ano.

Por isso, fique por dentro de como funciona o calendário e não perca nenhuma data do programa. Afinal, toda ajuda financeira é bem-vinda no orçamento.

Quem tem direito ao PIS 2018 – 2019?

Com as diversas mudanças de regras para receber o PIS, pode ser que tenha algumas dúvidas sobre quem tem direito a receber o PIS e PASEP.

Regras para receber o PIS Pasep

As regras gerais são bem simples e você vai entender agora os critérios que precisa ter para fazer o saque.
Todos os trabalhadores registrados para uma pessoa juridica têm direito a receber o benefício, desde que atenda aos seguintes requisitos:

– Tempo
O primeiro critério, é que o trabalhador deve ter pelo menos cinco anos de cadastro no programa do PIS ou PASEP, ou seja, cinco anos desde o primeiro registro da carteira assinada ao longo do tempo para pessoa jurídica. Ou seja para ter direito a receber nesse ano como mínimo teria que ter começado a trabalhar de carteira assinada em 2013.

– Remuneração
O segundo critério é que trabalhador tenha recebido em média até dois salários mínimos brutos no ano-base para apuração, ou seja no caso o ano de 2017.

– Trabalho
O terceiro critério, é que tenha trabalhado de carteira assinada para pessoa jurídica no mínimo 30 dias corridos ou não no ano 2017 ou mesmo tenha sido servidor público seguindo essa mesma regra de dias no ano que já passou.

– Declaração RAIS
O quarto é ultimo critério e que é preciso que todos os trabalhadores estejam formalmente declarados na declaração anual da RAIS. É de suma importância ter seus dados corretamente informados pelo empregador na RAIS dentro do prazo para não acabar tendo problemas na hora de sacar o benefício e ficar sem receber esse ano.

Se a RAIS foi apresentada fora de prazo, quanto tempo se demora em receber o dinheiro do PIS?

A apresentação da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) é obrigatória e cabe à empresa contratante efetuar a declaração correta de todas as informações.

Quando a RAIS não é apresentada ou apresentada fora do prazo, o funcionário não receberá o PIS na data específica de acordo com o calendário anual, ele terá que aguardar uma nova data para fazer o saque.

Assim, se isto acontecer e prejudicar o recebimento do PIS, a empresa poderá receber uma multa por descumprimento e a empresa deverá arcar com o abono do funcionário.

Fonte: https://saldopis.net.br/